PERGUNTAS FREQUENTES

A Brascoota faz fretamento de cargas?

Não. A BRASCOOTA não faz fretamento de cargas e sim faz a quotização dos custos de transporte entre os cooperados (PJ ou PF) para transportar seus produtos com custos operacionais diferenciados visando a resolução do problema do cooperado sem visar lucro e sim pautando em sobras operacionais advindas da economicidade do transporte através de uma taxa administrativa.

Quantos cooperados formam a BRASCOOTA?

Somos 20 cooperados sendo 16 aeronautas,mais Administrador, Engenheiro, Advogado e Contador.

Como faço para me associar?

Primeiramente deverá ser indicado por um dos cooperados que esteja ativo e em dia com suas obrigações perante a cooperativa. Segundo tem que haver demanda que justifique a Adesão Livre de mais cooperados e terceiro deverá o mesmo participar com aproveitamento de um Curso Básico do Cooperativismo para depois ser aprovado pela Diretoria Administrativa e depois pela Assembléia Geral.

Como funciona?

A Cooperativa Brasil Transporte Aéreo de Cargas – BRASCOOTA é uma sociedade de pessoas, com forma e natureza jurídica própria, classificada como sociedade simples (Parágrafo Único, artigo 982 do Código Civil Brasileiro), não sujeita a falência. A união de 20 (vinte) pessoas, entre pilotos, mecânicos de voo, advogados, administradores, entre outros, com espírito empreendedor e visão de oportunidade de negócio, constituíram a primeira e única cooperativa de transporte de carga aérea do país. A BRASCOOTA é uma sociedade cooperativa ligada ao sistema cooperativista nacional através da Lei 5.764/71 (Lei do Cooperativismo), pertencente ao ramo de transporte aéreo de cargas, totalmente planejada e adequada nos termos dos artigos 177, 178 e 179 da Lei 7.565/1986, com o intuito de obter melhor qualificação profissional, renda, melhoria da situação socioeconômica e condições de trabalho condizentes para o transporte de cargas de seus cooperados. Além do transporte aéreo de cargas, a BRASCOOTA também utilizará do conhecimento de seus profissionais, detentores de alta qualificação, para Serviços Operacionais de Gestão em Aeroportos.